Mule – como não se apaixonar!

Criados lá em meados do século XVI na França, e sucesso nos anos 90, as mules, sapatos abertos que deixam o calcanhar à mostra, voltam com tudo e são protagonistas de looks atuais!
 
Polêmico, ele traz a tona a reação: “me ame ou me odeie!”. Mas então por que afinal ele está conseguindo conquistar tantos corações? Oras, basta entendermos que a nossa moda vive hoje um caso de amor com o que é confortável, porque não basta mais ter estilo, é preciso unir o estilo com o bem estar!
 
Agora vocês devem estar se perguntando: Mas por que eu vou investir em um modelo tão polêmico assim? Porque ele é atemporal, e o investimento nele pode ser feito sem medo! Você poderá circular com ele por todas as estações do ano, e sem falar que dificilmente ele não se encaixará perfeitamente em uma ocasião.
 
mule-2
 
E então, entenderam o que são as mules? Não? Deixa explicar melhor então!
 
As mules são sapatos que deixam o calcanhar à mostra, que podem ter variações no formato em si, no formato do bico, nas cores e também nas padronagens – não podemos esquecer também, que ele pode variar o seu salto – alto, baixo, em bloco, e qual a sua maior vantagem? Fácil. É um calçado que tem uma pegada totalmente fashionista, que dá toda personalidade ao look!
 
mule-1
 
Mas com quais looks eu posso me arriscar? TODOS meu bem!
 
Talvez possamos, apenas para facilitar um pouco, dividir em duas pegadas diferentes:
 
-dias frios:
 
Jeans, trent coach, tricô, pantacourt, saia midi, maxi-colete, camisa… Apenas não esqueça de dar preferência para os modelos mais quentinhos, com pelinhos talvez!
 
mule-3
 
-dias quentes:
 
Saia jeans + camisa básica; saia-midi + blusa ombro-a-ombro; Calça com + camisa xadrez; Cropped + hotpant…
 
mule-5
 
Viram, elas combinam com um infinidade de looks, e não se esqueçam, sempre usem a sua criatividade a seu favor!
 
mule-4
 
O que acharam da dica da vez meninas? Talvez já esteja na hora de darmos uma chance para esse modelo virar a nossa cabeça!

  • Compartilhe
Colunistas Blog Da Sappateira